Bolsonaro: regimes que violam a liberdade não estarão na posse

POLÍTICA BRASIL

Bolsonaro, afirmou no Twitter na noite deste domingo (16) que não vai convidar líderes de “regimes que violam as liberdades de seus povos” para a posse dele, em 1º de janeiro.

“Naturalmente, regimes que violam as liberdades de seus povos e atuam abertamente contra o futuro governo do Brasil por afinidade ideológica com o grupo derrotado nas eleições não estarão na posse presidencial em 2019. Defendemos e respeitamos verdadeiramente a democracia”, escreveu Bolsonaro na rede social.

Deixe uma resposta