É um golpe do STF contra a nação decisão de Marco Aurélio que pode soltar não apenas corruptos, mas estupradores e assassinos

ABSURDOS STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, parece ter planejado muito bem o momento de anunciar sua decisão desta quarta-feira, 19, na qual determinou que todos os presos após condenações em segunda instância devem ser soltos.

O ministro esteve reunido no Plenário do STF com os demais colegas na última reunião do colegiado este ano. Poderia ter debatido o assunto com os demais ministros, mas agiu sorrateiramente, esperando o fim da reunião para, em seguida, anunciar sua decisão liminar que pode beneficiar quase 170 mil criminosos que cumprem prisão por crimes como corrupção, lavagem de dinheiro, estupros, assassinatos, contrabando de armas, traficantes, etc. A decisão monocrática de Marco Aurélio contempla nada menos que 1/4 de todos os presos do Brasil, inclusive o ex-presidente Lula e outros condenados em segunda instância na Lava Jato pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

Deixe uma resposta