Exclusivo: “Me desligaram do Mais Médicos e um cubano assumiu meu lugar”

ABSURDOS BRASIL POLÍTICA BRASIL

O programa da gestão petista “Mais Médicos” pode ter fraudado a inscrição de um médico brasileiro e beneficiar intercambistas. É o que denuncia o Dr. Marcos Nunes (36), residente de Itabuna, Bahia. O médico afirma que fazia parte do programa desde o ano de 2014, mas em Março deste ano foi desligado sem nenhum aviso prévio.

“Quando fui desligado a população fez um abaixo-assinado para que eu permanecesse no município, mas tive que me mudar de Salvador para Itabuna após terem me desligado do programa”, comentou.

Deixe uma resposta