Justiça nega pedido da Lava Jato para que Palocci pague US$ 20 milhões

ABSURDOS CORRUPÇÃO

A 12ª Vara Federal de Curitiba negou o pedido feito pelo Ministério Público Federal (MPF) para que Antônio Palocci pagasse US$ 20 milhões para permanecer em prisão domiciliar.

Segundo o juiz Danilo Pereira Júnior, o valor do bloqueio de bens de Antonio Palocci, de US$ 10 milhões, é suficiente para conceder a progressão de pena ao ex-ministro.

O valor, de acordo com a Justiça, é referente à reparação dos danos causados à Petrobras pelos quais Palocci foi condenado, registra o “G1“.

Os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato alegavam que o ex-ministro deveria pagar o dobro do valor, referente à vantagem indevida paga somada à reparação dos danos, totalizando os US$ 20 milhões.

Deixe uma resposta