O elo entre o PCC e a máfia italiana

BRASIL POLÍCIA FEDERAL VIOLÊNCIA

Facção criminosa de São Paulo e a máfia calabresa ‘Ndrangheta movimentaram 2 toneladas de cocaína e R$ 1 bi nos últimos dois anos.

Uma investigação internacional que envolveu esforços de forças policiais de quatro países da Europa durante os últimos dois anos identificou um elo entre a principal máfia italiana, a ‘Ndrangheta, e a maior facção criminosa do Brasil, o PCC (Primeiro Comando da Capital), que exporta drogas para outros continentes.

A apuração aponta que a máfia e a facção negociam diretamente a exportação da maior parte da cocaína que sai da América do Sul com destino à Europa.

A Polícia Federal do Brasil também investiga a ligação da máfia com a facção.

Deixe uma resposta