Raquel Dodge diz que Lula agiu de má-fé nas eleições pede devoção R$ 19,4 milhões ao fundo partidário

POLÍTICA BRASIL

A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge quer que  ex-presidente devolva R$ 19,4 milhões de recursos públicos usados na campanha do PT nas eleições de outubro e afirma que o presidiário agiu de má fé durante o pleito. Lula já havia sido condenado em segunda instância e enquadrado na Lei da Ficha Limpa quando entrou com o registro de sua candidatura. Este seria um dos passos para que o PT tivesse acesso aos recursos do fundo eleitoral.

Deixe uma resposta