Renan Calheiros é condenado à perda do mandato pela 14ª Vara Federal de Brasília

CORRUPÇÃO

O senador reeleito por Alagoas, Renan Calheiros (PMDB-AL), foi condenado esta semana pela 14ª Vara Federal de Brasília à perda do mandato e suspensão de seus direitos políticos por oito anos por improbidade administrativa.

A sentença foi dada pelo juiz de primeira instância Waldemar Carvalho, da 14ª Vara Federal do Distrito Federal, e obtida pelo UOL . O senador foi condenado por “enriquecimento ilícito” e “vantagem patrimonial indevida”. O caso ainda é segredo de Justiça, mas o UOL apurou que a sentença está relacionada ao caso Mônica Veloso, suposta amante do senador alagoano.

Deixe uma resposta