Senadores querem ignorar ordem do STF para votação aberta

POLÍTICA BRASIL

Integrantes do Senado estudam ignorar a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou voto aberto na eleição para a presidência da Casa.

A eleição será em 2 de fevereiro do ano que vem. Membros do Senado defendem que a decisão do ministro Marco Aurélio seja ignorada se o STF não revogar a medida ao analisar o recurso apresentado contra ela, registra a “Folha“.

Deixe uma resposta